terça-feira, 15 de agosto de 2017

IX Sulão de Catequese



De 16 a 18/06/2017, participamos do IX Sulão de Catequese, encontro de catequistas representantes de diversas dioceses dos regionais Sul-1, Sul-2, Sul-3, Sul-4 e Oeste-3. O tema foi comunicação.


















Festa do Divino 2017


A Catequese Diocesana participou mais uma vez da tradicional FESTA DO DIVINO de Mogi das Cruzes, de 25/05 a 04/06/2017, com a Barraca do CHOCONHAQUE, em prol das Pastorais Diocesanas. Foram 11 dias de muito empenho, união e (por quê não) de muita diversão! Parabéns a todos os que contribuíram com a realização desta bonita festa!








segunda-feira, 26 de junho de 2017

Jornada Diocesana da Juventude

A Jornada Diocesana da Juventude ocorreu no dia 21 de Maio de 2017, começando com a Missa na Catedral às 9h. Depois da missa, houve a procissão até a Faculdade Paulo VI, onde todos foram recebidos com lanche e Tendas de Catequese. 
Representando a Catequese Diocesana, as Irmãs Missionárias Catequistas do Sagrado Coração fizeram uma catequese animada, falando do amor acolhedor de Deus, com ensinamentos, testemunho e musicas.






































Reunião diocesana de Maio

REUNIÃO DIOCESANA DA CATEQUESE 20/05/2017. Rosildo começou a reunião com a oração do Espírito Santo e fez reflexão partilhada com dinâmica (com o auxilio de bonecos) sobre a passagem bíblica dos Atos dos Apóstolos 8,5-8.14-17, abordando a importância da insistência das visitas às casas dos catequizandos, para conhecer a sua realidade. Então, passou para os assuntos da pauta: MATERIAIS PARA A CATEQUESE E REALIDADE LOCAL, ORIENTAÇÕES PRÁTICAS PARA UMA CATEQUESE ESTILO CATECUMENAL e AVISOS. 1) Para começar, Rossana distribuiu um roteiro para orientar a VISITA ÀS FAMÍLIAS dos catequizandos, incluindo sugestões de oração e trechos bíblicos para leitura e partilha, bem como uma ficha para coleta de informações, de modo a orientar de maneira mais concreta essas visitas. Depois, fizemos um momento de oração no estilo proposto nos primeiros encontros (QUERIGMA) do material para jovens, como nos encontros de novena, para que todos pudessem vivenciar e refletir sobre o nosso próprio encontro com Cristo, a quem anunciamos, porque para aprender é preciso iniciar o caminho. Isto é, o método para implantar o Itinerário catecumenal é feito caminhando, vivenciando, compreendendo e partilhando a nossa própria caminhada... A INICIAÇÃO À VIDA CRISTÃ, com o itinerário catecumenal, embora seja apresentado como uma novidade, na verdade é uma volta às origens do cristianismo.  é importante a utilização do material para orientar a atuação do catequista. Afinal muitas vezes, a nossa dificuldade com a catequese e com os catequizandos refletem as nossas próprias dificuldades com a nossa vida de fé. Por isso, é importante sempre buscar meios e experiências que ajudem a nós catequistas e os catequizandos em seu encontro com Cristo e a comunidade, a partir de nosso próprio testemunho. Alguns coordenadores (Regiane, Beth, etc.) também compartilharam sua experiência (positiva!) com os materiais indicados, bem como algumas adaptações realizadas para a sua implantação. Todas as pessoas que se manifestaram foram no sentido de incentivar e fundamentar a adoção do Itinerário  catecumenal, que na verdade é uma volta às origens à catequese dos primeiros cristãos. 2) Irmã Daiane continuou a reflexão, explicando que o material apresentado é adequado à prática do encontro da catequese, devendo sempre ser enriquecido por outros materiais, relativos à formação dos catequistas, além de dinâmicas e vivencias. E insistiu bastante na importância do estudo e da formação dos catequistas, principalmente em relação ao Estudo 97 da CNBB, Iniciação à vida cristã: um processo de inspiração catecumental. 3) Sonia então trouxe os avisos sobre a) Jornada Diocesana de Formação (Arujá 10/6 e Suzano 24/6, às 15h; b) Barraca do Choconhaque na Festa do Divino (25/10 a 04/6); c) Convite para a Formação de catequistas do Sul 1 junto às pessoas com deficiência, dias 08/7, 02/9 e 25/11. Sem mais nada a tratar, fizemos a Oraçao final e encerramos esta reunião.
ANEXO I: LISTA DE PRESENÇA DAS PARÓQUIAS
ARUJÁ – 1. Bom Jesus, BIRITIBA – 2. S. Benedito, 3. S. Luzia, FERRAZ: 4. N. Sra. Ap, 5. N. Sra. Paz, 6. S. Cruz e S. Margarida, GUARAREMA: 7. S. Benedito, ITAQUA: 8. Jesus Divino Mestre, 9. N. Sra. D’Ajuda, 10. N. Sra. Carmo, 11. N. Sra. Graças, MOGI - Região Catedral: 12. N. Sra. Carmo – Centro, 13. S. Antonio-Mogi, 14. Mãe do Divino Amor (Igreja), MOGI – Regiao Região César de Souza: 15. N. Sra Guadalupe, 16. S. Cruz – P. Grande, MOGI – Região Braz Cubas: 17. Im. Coracao de Maria, 18. N. Sra. Ap. e S. Roque, 19. N. Sra. Fatima – V. Jundiaí, 20. S. Cruz – Taiaçupeba, 21. S. Luzia (AP) – V. Rubens, 22. S. Maximiliano Kolbe, POÁ: 23. N. Sra. Lourdes, 24. N. Sra. Fátima, 25. S. Apostolos, SALESOPOLIS: 26. N. Sra. Remedios, 27. S. José, S. ISABEL: 28. S. Isabel, SUZANO: 29. Bom Pastor, 30. Divino ES, 31. S. Francisco
Textos consultados:
(1)    CNBB, Iniciação à vida cristã: um processo de inspiração catecumenal. (Estudos CNBB 97)
(2)    CNBB, Diretório nacional de catequese (Documentos CNBB 84)

ANEXO II. ROTEIRO PARA AS VISITAS MISSIONARIAS



ANEXO III. APRESENTAÇÃO DO MATERIAL INDICADO PARA A IVC (INICIAÇÃO À VIDA CRISTÃ – ITINERÁRIO CATECUMENAL)
 O MATERIAL INDICADO
APRESENTAÇÃO. A partir das recentes orientações da Igreja os livros são iluminados com a inspiração catecumenal, sem a intenção de reproduzir o esquema do catecumenato pré ou pós-batismal, mas com o desejo de traduzir as suas principais características. Contemplam o Tempo do Querigma, da Catequese, da Purificação e Iluminação e da Mistagogia.
Cada bloco de encontros temáticos encerra-se com uma celebração que pode acontecer na comunidade/paróquia.
A coleção conta com os livros do catequizando, do catequista e da comunidade, além de jogos interativos para a catequese com crianças.
À Luz das recentes orientações da Igreja – CNBB que pede “um itinerário cateqúetico [...], assumido pela Igreja Particular, que não se limite a uma formação doutrinal, mas integral, à vida cristã” (DGAE 85).
OBJETIVO DA COLEÇÃO
a) criar maior unidade e inspirar a pastoral catequética da paróquia/comunidade;
b) fazer da Palavra de Deus o eixo principal;
c) fazer com que o princípio de interação fé e vida fosse assumido;
d) valorizar  a dimensão orante expressa tanto na liturgia como nas outras práticas cultuais;
e) valorizar o uso “autêntico” do RICA (Estudos 97 74-89);
f) valorizar a experiência com Jesus Cristo, na vida comunitária;
g) resgatar a unidade dos sacramentos da IVC (Iniciação à Vida Cristã).
Itinerário I – catequizando R$ 10,00. Itinerário II – catequizando R$ 10,00
Itinerário I – catequista R$ 12,00. Itinerário II – catequista R$ 12,00
Querigma, brincar e viver (caixa de jogos) R$ 40,00


QUERIGMA: BRINCAR E VIVER
        Querigma” (jogo de tabuleiro)
        “Bom Pastor” (quebra-cabeça)
        “Memória da vida de Jesus” (dominó)
        “Memória da vida cristã” (memória)
        “Mímica”
        “A cruz de Jesus” (mico)
        “Eu encontrei Jesus” (detetive)
        “Igreja é a nossa casa” (rouba-monte)
        “Mistagogia, brincar e permanecer” (gincana)





ANEXO IV. FORMAÇÃO SOBRE CATEQUESE JUNTO À PESSOA COM DEFICIÊNCIA SUL 1 (Divulgação)